Você sabe qual a importância de ter pessoas motivadas e satisfeitas em uma organização?

O funcionário que se sente satisfeito pode tender, por exemplo, a ser mais proativo. Isso quer dizer que um critério subjetivo como a felicidade pode trazer ganhos práticos à uma empresa. Porém, a satisfação de um funcionário também pode trazer um certo prejuízo, como a acomodação. Essa dualidade do comportamento humano frente a um mesmo estímulo é perceptível ao fazermos uma reflexão a respeito de nós mesmos e sobre as ações que tomamos, em todos os âmbitos de nossa vida. Por isso, peço a você que pense: Qual o motivo por trás de suas ações?

Imagino que você deva ter pensado em diversas razões: família, moral, amor, dinheiro, etc. Isso se deve à complexidade de influências, objetivos, sentimentos, cultura, dentre outros, que atuam em cada ser humano, nos tornando únicos. Cada um de nós agirá de uma maneira singular, se baseando nesses aspectos. Dessa forma, como podemos motivar pessoas em prol de uma meta comum dentro de uma organização, em meio a tantas personalidades complexas e distintas?

motivação

Essa, com certeza, é uma dúvida muito pertinente e um problema recorrente em diversos ambientes de trabalho. Uma organização apresenta limites para ofertar a satisfação dos anseios, desejos e objetivos diferentes de todos os seus membros. Por isso, a empresa precisa buscar esse cenário ideal, mas compreendendo a impossibilidade da motivação total e de todos.

Alguns conceitos precisam ser entendidos quando se busca a motivação dos membros de uma organização: há satisfações positivas e negativas, e trabalhos que irão motivar e irão desmotivar. Alocar os membros para realizar tarefas que desejam os motivará, já o inverso pode trazer desmotivação. A satisfação deve também ser manejada para que seja positiva, ou seja, para que essa não traga desânimo ou acomodação. É preciso então buscar, selecionar, desenvolver, estimular e liderar as pessoas envolvidas para alcançar o auge de produtividade positiva, ou seja, satisfatória para a organização e para seus membros.

Finalmente, para potencializar organizações, devemos procurar ter duas percepções: As pessoas estão trabalhando com o que as satisfazem? Caso sim: essa satisfação motiva a ação?

Designed by Sapann-Design - Freepik.com

Designed by Sapann-Design – Freepik.com

Para responder tais perguntas, basta sintetizarmos o conhecimento adquirido até aqui: é preciso conhecer bem todos os membros e suas motivações, para, então, realocar e talvez até reformular as tarefas na organização, buscando e estimulando os desejos dos colaboradores. Uma forma de conhecer as satisfações e desejos dos mesmos em uma organização, é a utilização de ferramentas como uma Pesquisa de Clima, por exemplo. Essa, por sua vez, é caracterizada como um questionário individual e confidencial que busca coletar informações pessoais e profissionais das pessoas. Essas informações, sendo analisadas individualmente, compiladas e transformadas em dados gerais, trarão respostas úteis, que indicarão aspectos positivos e problemas dos meios profissionais e pessoais, como indicativo das relações na organização. Dessa forma, se torna muito mais fácil entender o que move a ação dos seus colaboradores!


Túlio Soares

Diretor de Pessoas da RH Consultoria Júnior – UFMG

One thought on “Você sabe qual a importância de ter pessoas motivadas e satisfeitas em uma organização?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *