Por que é importante ter funções delimitadas dentro de uma organização?

A função nada mais é que a determinação de recursos e atividades que serão necessárias para se atingir os objetivos de uma empresa. Trata-se de combinar estrategicamente  grupos da melhor forma possível , atribuir as responsabilidades à quem irá realizar a atividade e, delegar a esses indivíduos a autoridade necessária para a execução de suas atribuições. 

 image00 

A delimitação adequada de funções proporciona a estrutura formal através da qual o trabalho é definido, subdividido e coordenado. Há várias formas de se visualizar a organização e,  diversas dessas formas relacionam-se à uma das funções administrativas mais relevantes: o planejamento . Dentro desta função, vale abordar os seguintes pontos: 1° – O planejamento está intrinsecamente ligado à formulação dos objetivos da empresa, que devem ser conexos à visão e ambição da organização, porém não adianta formular objetivos utópicos que decerto não serão cumpridos.

2° – Um empreendedor que não foca no planejamento de sua empresa certamente não sabe quais são os objetivos de sua instituição, logo ele não sabe por qual propósito trabalhar, e isso seguramente será refletido nos resultados obtidos pela empresa.
A descrição de cargos e funções é algo valioso para a empresa. É um instrumento que será utilizado em vários trabalhos da organização desde recrutamento de pessoal até análise do quadro de distribuição do trabalho, essencial para que novos membros da empresa não se sintam perdidos em relação às funções de cada cargo e também para que os funcionários tenham uma visão sistêmica da instituição

Alguns pontos positivos da delimitação de funções:

  • Define claramente as atribuições de cada um ;
  • Elimina ansiedade ou expectativa nos empregados por não saberem o que se espera deles;
  • Fornece base para melhorar seleção de pessoal;
  • Facilita a definição da necessidade de treinamento;
  • Complemento ao organograma;
  • Fornece subsídios para os planos de carreira;
  • Estabelece as relações normais de trabalho;
  • Define parâmetros para avaliação de desempenho e promoções indicando o sentido e direção a tomar.

 

Guilherme Bernardes

Pós Júnior da RH Consultoria Júnior – UFMG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *