Os estrangeirismos no meio empresarial

No meio empresarial é muito comum ouvirmos e falarmos certas expressões naturalmente, como se elas fizessem parte do vocabulário português. Certamente algumas funções/técnicas e situações carecem da utilização de estrangeirismos, mas o problema maior é quando causam confusões e mal entendidos. Junto a eles, como fonte de desvios na comunicação, estão os jargões e as gírias, restritas àquele ambiente, próprios da cultura organizacional estabelecida. Se o que importa na linguagem é ser compreendido e transmitir uma mensagem, devemos estar atentos quanto a clareza e coerência do que dizemos. Isso afeta desde a possibilidade de sucesso de uma negociação até a abordagem esclarecida de processos em determinados projetos.

ESTRANGEIRISMOS

Outro ponto à se tocar é a utilização equivocada de estrangeirismos. Utilizar-se de expressões sem saber o seu significado, apenas por questões estéticas, acarreta em uma certa “glamourização” do discurso, prejudicando a passagem de mensagem . A seguir veremos o exemplo de uma fala repleta desses maneirismos e sua respectiva “tradução”. Observe qual deles é mais claro, simples e objetivo:

(Versão viciada)

“Confesso que tive um affair com a guria do marketing. Que fique bem clean, um papo entre nós, só no backstage ok? Nosso lance era bem fake, via ela perto do boss e sua disposição me deu uma vibe super positiva. As vezes me dava um feedback mas sempre existia um gap entre os briefings. Sempre trabalhei hard pra conquistar tudo que eu queria, mas havia um complô entre os colaboradores que me bloqueava, um feeling negativo. Coisas de business sabe?

(Versão simplificada)

Confesso que tive um caso com menina do marketing. Quero que você mantenha isso só nos bastidores, tudo bem? Nossa relação era bastante falsa, bastante imaginária. Quando via ela próxima ao chefe, sentia uma energia muito boa. As vezes ela respondia às minhas investidas, mas sempre havia um vazio entre as reuniões.  Sempre trabalhei duro para conquistar as coisas. Os outros colegas sempre conspiravam contra. Coisas do ambiente de trabalho sabe?

E aí, percebeu a diferença? Ficou mais clean? Acreditamos que a utilização dos maneirismos é necessária no mundo globalizado, pois compreender certos termos é essencial nos negócios, desde que seja pontual, sem exageros. É bom lembrar, porém, que existe algo que nunca sai de moda: poder falar com clareza e simplicidade para transmitir o que se deseja.

 

Guilherme Bernardes

Assessor de Marketing

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *