Como uma Pesquisa de Clima Organizacional pode contribuir com os resultados da sua empresa

Segundo Idalberto Chiavenato, autor do livro “Gestão de Pessoas”, clima organizacional é constituído pelo meio interno de uma empresa, ou seja, um ambiente psicológico que cada organização cria. Toda empresa tem clima organizacional e ele inclui subordinados, supervisão e direção.

PCO

A Pesquisa de Clima Organizacional é uma ferramenta que acompanha o estado de comprometimento e satisfação dos funcionários na organização, proporcionado o crescimento e o desenvolvimento deles, a máxima produtividade e qualidade da empresa. Ela tem como objetivo avaliar, através da identificação de variáveis válidas à serem analisadas, a relação entre os funcionários e a empresa, para tentar oferecer cada vez mais condições adequadas de trabalho e, assim, poder atingir as metas da organização e alcançar os resultados esperados.

Para isso, há 5 fatores que mostram como uma Pesquisa de Clima Organizacional pode ajudar nesses objetivos:

1. Ambiente de trabalho

Os funcionários de uma empresa passam a maior parte do dia nela, exercendo suas funções . Muitas vezes essa tarefa, por si só, já é muito cansativa. Agora, imagina trabalhar numa empresa em que o ambiente de trabalho seja muito desagradável… Ao ir trabalhar, o funcionário sentiria como se estivesse indo para sua condenação, ou para a forca!

Para fazer com que isso não aconteça, os gestores devem priorizar e prezar por um ambiente satisfatório dentro da organização, evitando fofocas, formação de “panelinhas”, entre outras. Afinal, funcionários satisfeitos são funcionários mais produtivos.

2. Convivência entre os funcionários:

Os gestores devem estar sempre atentos em como os funcionários convivem entre si, se têm algum conflito a ser mediado, alguma insatisfação de um funcionário com outros, etc. Conflitos deixam o clima mais sobrecarregado e, através da Pesquisa de Clima Organizacional, identifica-se o problema para resolvê-lo, com o intuito de a convivência ser a melhor possível para que não atrapalhe a busca pelos objetivos da empresa, não gere estresse nos funcionários.

Através de observações da convivência percebe-se também se os funcionários estão sendo sobrecarregados em tarefas da empresa, podendo, assim, criar estratégias e ações para mudar esse fato.

3. Harmonia entre os objetivos dos funcionários os objetivos da organização:

Os funcionários trabalharão com mais afinco para atingir as metas de uma organização se acreditarem nelas e as vivenciarem. Por isso, é um passo importante saber se esse fato acontece.

Caso tenha colaboradores que não estejam harmonizados com os objetivos da empresa, deve-se pensar em soluções para incentivá-los com o intuito de fazer disso um hábito, para que se tornem funcionários motivados a defenderem os ideais da organização, pois passaram a ser seus também.

4. Necessidades e expectativas dos funcionários:

Todo funcionário começa a trabalhar numa empresa com certas expectativas e necessidades. Caso elas não sejam atendidas com o tempo, eles passam a se tornar frustrados com a organização. Um vez frustrados, trabalharão com menos vontade e, assim, não contribuirão para o alcance dos objetivos da empresa.

Para evitar esse desastre, é preciso estar sempre atento às necessidades e expectativas dos funcionários, criando estratégias para que aos poucos elas sejam atendidas. Uma maneira de identificar esse ponto, é com a realização de uma Pesquisa de Clima Organizacional.

5. Identificar e propor ações de treinamento e desenvolvimento de pessoal:

Uma forma de motivar as pessoas em uma empresa é realizando capacitações frequentes . Sabendo qual é a capacitação mais necessitada no ambiente organizacional, identificada com uma Pesquisa de Clima Organizacional, por exemplo, ao oferecer e realizar um treinamento, os funcionários estarão mais aptos a cumprir outras tarefas com mais eficiência e eficácia, o que minimiza o tempo e aumenta a produtividade da empresa, que, por sua vez, alcança com maior facilidade seus objetivos e lucros. Assim, todos saem felizes e realizados.

Confira abaixo um exemplo de utilização de gráficos para efeitos de ilustração de resultados em uma PCO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *